sicnot

Perfil

País

Comemorações do 5 de Outubro em Lisboa com Cavaco Silva ausente

A cerimónia solene do 105.º aniversário da implantação da República decorre, hoje de manhã, no salão nobre da Câmara de Lisboa, sem a presença do chefe de Estado, Cavaco Silva.

MIGUEL A. LOPES

Segundo a autarquia de Lisboa, a comemoração do 5 de Outubro decorrerá, entre as 11:15 e as 12:20, "nos moldes tradicionais no salão nobre do edifício dos Paços do Concelho", presidida por Assunção Esteves, presidente da Assembleia da República.

Cavaco Silva desvalorizou no domingo as críticas à sua ausência, afirmando que os Presidentes da República não vão às cerimónias do 5 de Outubro quando calha em tempo eleitoral, foi assim com os meus antecessores, é assim comigo", afirmou Aníbal Cavaco Silva, após ter votado numa escola em Lisboa.

Na quinta-feira, fonte oficial de Belém justificou à Lusa a ausência com a necessidade de Cavaco Silva "se concentrar na reflexão sobre as decisões que terá de tomar" nos dias seguintes, numa referência ao pós-eleições.

Desde que o dia da Implantação da República deixou de ser feriado, este será o primeiro ano que se irá comemorar num dia útil e será no dia seguinte às eleições legislativas.

As críticas à ausência de Cavaco Silva nas comemorações do 5 de Outubro fizeram-se ouvir da parte da Associação 25 de Abril e, entre outros, no PS, PCP e BE, e foram desvalorizadas nos partidos que integram a coligação PSD/CDS-PP.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.