sicnot

Perfil

País

Cinco barras fechadas devido à agitação marítima forte

Cinco barras estão hoje fechadas a toda a navegação e outras duas estão condicionadas devido à previsão de agitação marítima forte, segundo informação disponível às 06:30 na página da Marinha portuguesa na Internet.

ANTÓNIO ARAÚJO

De acordo com a Marinha, as barras de Esposende, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Aveiro e São Martinho do Porto estão hoje fechadas à navegação devido à previsão de agitação marítima forte, prevendo-se ondas até quatro metros.

As barras marítimas do Douro e Figueira da Foz estão fechadas a embarcações de comprimento inferior a 35 e 11 metros, respetivamente.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje na costa ocidental ondas de noroeste com 2,5 a 3,5 metros, sendo de oeste-sudoeste com 3,5 a 4 metros a norte do Cabo Mondego até ao início da manhã.

Na costa sul prevê-se ondas de sudoeste com 1 a 1,5 metros.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, apresentando-se geralmente muito nublado nas regiões norte e centro até ao final da manhã e períodos de chuva ou aguaceiros, sendo por vezes fortes no Minho e Douro Litoral até ao início da manhã, diminuindo de intensidade e de frequência a partir do início da tarde.

Está também previsto vento moderado do quadrante oeste, tornando-se em geral fraco a partir da tarde e nas terras altas será moderado do quadrante oeste, soprando moderado a forte até meio da manhã.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida de temperatura.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 19 e 22 graus Celsius, no Porto entre 16 e 18, em Viana do Castelo entre 14 e 19, em Vila Real, Bragança e Viseu entre 12 e 17, na Guarda entre 11 e 14, em Castelo Branco entre 15 e 20, em Coimbra entre 16 e 20, em Castelo Branco entre 15 e 20, em Évora entre 15 e 22, em Beja entre 17 e 24, em Santarém entre 17 e 22 e em Faro entre 19 e 23.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.