sicnot

Perfil

País

Livre/Tempo de Avançar vai convocar Congresso devido ao resultado das legislativas

O Grupo de Contacto do Livre/Tempo de Avançar anunciou hoje que vai pedir à Mesa da Assembleia a convocação de um Congresso, órgão máximo do partido, em consequência do resultado das eleições legislativas de domingo.

ANDR\303\211 KOSTERS

"O Grupo de Contacto reuniu ontem [segunda-feira] ao final da tarde e princípio da noite e, enquanto órgão executivo do LIVRE/Tempo de avançar, reconhece esta derrota, pela qual assume a responsabilidade política. Assim, vai pedir à Mesa da Assembleia que proceda à convocatória de um Congresso, órgão máximo do partido, que deverá desejavelmente ter lugar antes do final do ano", pode ler-se num comunicado dirigido aos apoiantes, divulgado no 'site' do partido.

Na nota divulgada hoje o Grupo de Contacto assume que o partido teve uma derrota nas eleições de domingo.

"Apesar de um processo muito participado, como talvez nunca tenha acontecido na democracia portuguesa, os resultados eleitorais do passado domingo exprimiram uma pesada derrota da nossa candidatura", acrescenta.

Nas eleições legislativas de domingo, o Livre/Tempo de Avançar (L/TDA) conseguiu mais de 39 mil votos, o que se traduziu em 0,72% das intenções de voto, mas que não permitiu a eleição de um deputado.

O L/TDA estabeleceu também dois "objetivos centrais" até à realização do congresso: "Sanear financeiramente o partido das despesas da campanha que acabámos de realizar e que, por não termos atingido o mínimo para a subvenção estatal, teremos de custear pelos nossos meios" e "promover as melhores condições para que todos os membros e apoiantes possam participar da reflexão que importa fazer sobre o futuro do partido".

O Grupo de Contacto do partido aproveitou ainda para agradecer o envolvimento e a dedicação dos membros e apoiantes, "em torno de um objetivo político que era crucial ter cumprido".

"Este projeto tem menos de dois anos e já contribuiu em muito para o renovar da vida política portuguesa porque contou com o empenho, a imaginação e a vontade cívica de todos vós --- e é assim também que escreverá o seu futuro", remata a nota.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.