sicnot

Perfil

País

Sobe para 197 número de pessoas com sintomas de intoxicação na Universidade Nova

A Direção-geral da Saúde (DGS) elevou hoje para 197 o número de alunos e funcionários da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Nova de Lisboa afetados por sintomas de indisposição gastrointestinal.

(SIC/ Arquivo)

Segundo uma nota hoje divulgada pela DGS, na última semana houve 197 pessoas da Faculdade de Economia da Nova, incluindo alunos e professores, que manifestaram sintomas gastrointestinais como vómitos, diarreia e dores abdominais, apesar de não ter havido nenhum caso de hospitalização.

A água da rede pública já foi analisada no Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) e revelou parâmetros normais.

As autoridades de saúde deslocaram-se à Faculdade e colheram igualmente amostras de alimentos que estão a ser analisadas também no INSA, mas ainda sem resultados conhecidos.

A Faculdade mantém-se a funcionar normalmente, mas foram emitidas recomendações gerais de prevenção da transmissão de doenças, como o reforço de medidas de higiene.

As autoridades de saúde pediram ainda aos doentes que não regressem às suas atividades habituais antes de desaparecerem os sintomas.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.