sicnot

Perfil

País

Varoufakis vai a Coimbra dar "lição" sobre democracia

O ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis vai estar no dia 17 de outubro na Universidade de Coimbra para falar sobre a "Democratização da zona euro", no arranque dos programas de doutoramento do Centro de Estudos Sociais (CES).

(AP/ Arquivo)

(AP/ Arquivo)

Virginia Mayo

De acordo com a informação veiculada pelo CES da Universidade de Coimbra, o economista e ex-governante grego que se demitiu no dia 06 de julho, antes de a Grécia chegar a acordo com o Eurogrupo para um novo resgate ao país, será o conferencista convidado da aula inaugural dos doutoramentos que o centro desenvolve em parceria com outras universidades portuguesas e estrangeiras.

Segundo a nota biográfica do CES, Yanis Varoufakism nasceu em Atenas a 24 de março de 1961 e tem dupla nacionalidade, grega e australiana.

Licenciou-se em Matemática e Estatística e doutorou-se em Economia na Universidade de Essex (Reino Unido), em 1987, onde prosseguiu a carreira como professor de Economia e Econometria.

Depois de lecionar também em East Anglia, Cambridge, Glasgow, Texas e Sydney, decidiu em 2000 regressar à Grécia para ensinar Teoria Económica na Universidade de Atenas.

"Os seus temas de interesse centram-se sobre as questões relacionadas com a calamidade em curso na Grécia, a zona euro, o futuro da Europa, a economia global (especialmente no contexto da crise de 2008), o pensamento económico, o dinheiro digital e as tendências no capitalismo contemporâneo", destaca o CES.

Lusa

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.

  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43