sicnot

Perfil

País

Encontrados dois corpos dentro do arrastão que naufragou na Figueira da Foz

A equipa da Marinha que vai tentar virar o arrastão naufragado à entrada do Porto da Figueira da Foz está desde esta manhã no local, avançou o comandante Nuno Leitão, que espera que a operação fique concluída hoje. No decorrer dos trabalhos, foram localizados dois corpos no interior da embarcação.

PAULO NOVAIS/ LUSA

Os corpos de dois dos quatro pescadores que estavam desaparecidos após o naufrágio de terça-feira na Figueira da Foz foram hoje encontrados por mergulhadores dentro do arrastão que virou, disse o porta-voz da Autoridade Marítima, Nuno Leitão.

"Aquilo que se pode confirmar, depois de uma operação muito complicada de remoção de destroços e de artes de pesca na envolvência da casa do lema do arrastão, é que se conseguiu entrar, a visibilidade é totalmente nula, mas já se conseguiu recuperar duas vítimas que estavam no interior", disse aos jornalistas Nuno Leitão.

A Autoridade Marítima disse ainda que as duas vítimas que ainda se encontram desaparecidas poderão estar no interior do navio.

As duas vítimas foram encontradas na zona da ponte do navio e as buscas decorrem no resto da embarcação: "A visibilidade é completamente nula, são buscas por palpação, são buscas complicadas porque é uma embarcação que está virada ao contrário, tem todos os utensílios com flutuabilidade positiva soltos, roupas, colchões. Por isso, é uma operação muito complicada", frisou Nuno Leitão.

O naufrágio provocou três mortos, dois corpos continuam desaparecidos e há ainda a registar o salvamento de dois pescadores.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.