sicnot

Perfil

País

Operação conjunta entre Portugal e França resultou em 69 detenções

A operação conjunta de Portugal e França contra um grupo de transporte de imigrantes em situação ilegal resultou na detenção de 69 pessoas, entre as quais "nove figuras-chave" da rede criminosa que operava na União Europeia, anunciou hoje a Europol.

© Suhaib Salem / Reuters

Depois de o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ter anunciado na passada sexta-feira que seis estrangeiros foram detidos na "operação Bouquet", realizada em conjunto com as autoridades francesas, a Europol, que apoiou a investigação, juntamente com a Eurojust, deu hoje mais detalhes sobre o esquema montado e que em Portugal envolvia não só o transporte de imigrantes como também casamentos de conveniência entre imigrantes e mulheres de nacionalidade portuguesa.

Dando conta da operação realizada pelo SEF a 01 de outubro que levou à detenção, em Portugal, de um "facilitador" que pertencia ao grupo criminoso, a Europol, o serviço europeu de polícia, explica que o esquema se baseava no transporte de imigrantes em situação ilegal -- oriundos do Industão, norte da Índia -- entre Lisboa, Paris e a fronteira belga, em viaturas próprias, além dos casamentos de conveniência envolvendo mulheres de nacionalidade portuguesa.

Entre as várias operações realizadas no quadro da investigação, a Europol destaca uma realizada na noite de 26 de setembro último em Biarritz Lá Négresse, França, que resultou na interceção de cinco veículos do grupo criminoso e na detenção de seis traficantes.

Na última sexta-feira, o SEF indicou que a investigação criminal decorria há cerca de dois anos, sob a direção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, em coordenação com as autoridades francesas, visando um grupo de pessoas que se dedicam ao transporte de imigrantes em situação ilegal de vários países da União Europeia para Portugal, para aqui se regularizem, recorrendo a documentação falsa ou obtida fraudulentamente.

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas.

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Oposição alarga protesto e anuncia "tomada da Venezuela"

    Mundo

    A oposição venezuelana recusou esta quinta-feira a proibição de manifestações decretada pelo Governo e avisou que, em resposta, ampliará o protesto previsto para sexta-feira, passando de uma "tomada de Caracas" para uma "tomada da Venezuela".

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC