sicnot

Perfil

País

Remoção do navio na Figueira da Foz foi suspensa

As operações de reflutuação e remoção do arrastão naufragado na Figueira da Foz foram suspensas até às 23:00 de hoje, depois de uma primeira tentativa de remover a embarcação para o interior do rio ter falhado, disse o armador.

PAULO NOVAIS

Em declarações à agência Lusa, Carlos Corte-Real, da Empresa Aveirense de Pesca, proprietária do navio, disse que as operações serão retomadas pelas 23:00 para aproveitar a preia-mar, que ocorre à 01:32 de sexta-feira.

Ao início da tarde, a empresa de salvação marítima contratada pelo armador pôs o arrastão a flutuar, tendo este rodado e ficado em posição horizontal, embora virado ao contrário.

Um rebocador tentou, por duas vezes, puxar o navio naufragado à entrada da barra da Figueira da Foz para uma zona interior do rio Mondego, junto à chamada praia do Cabedelinho, mas os cabos soltaram-se. Com o aproximar da baixa-mar, a operação foi suspensa.

De acordo com a Autoridade Marítima, a operação visa, por um lado, repor a flutuação do arrastão naufragado, para ser possível rebocá-lo e possibilitar a reabertura da barra e, por outro, para permitir que os mergulhadores forenses possam voltar ao interior do arrastão em busca dos dois pescadores que ainda se encontram desaparecidos.

Os mergulhadores forenses da Polícia Marítima - que hoje, a meio da manhã, recuperaram dois corpos que estavam no interior do arrastão - também suspenderam as operações, regressando ao local do naufrágio ao início do dia de sexta-feira.

Nuno Leitão, porta-voz da Autoridade Marítima, explicou que devido ao rebocador ter levantado muitos sedimentos os mergulhadores não podem entrar agora no arrastão e, como também não operam à noite, retomam as operações de busca dos desaparecidos na manhã de sexta-feira.

O naufrágio do Olívia Ribau provocou três mortos, dois pescadores continuam desaparecidos e outros dois foram resgatados com vida.

Lusa

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Mariana Mortágua acusa Governo anterior de deixar escapar milhões para offshores
    1:39

    Opinião

    Mariana Mortágua e Adolfo Mesquita estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para mais um Esquerda Direita. Mariana Mortágua acusou o Governo anterior de, por opção ou negligência, ter deixado escapar 10 mil milhões de euros para offshores. Já Adolfo Mesquita Nunes, do CDS-PP, desvalorizou o assunto afirmando que serve apenas para desviar as atenções da questão da Caixa Geral de Depósitos

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.