sicnot

Perfil

País

Ministério Público acusa homem de matar uma mulher e tentar matar namorada em Alijó

O Ministério Público (MP) acusou um homem de ter matado uma mulher e tentado matar a companheira, no Pinhão, concelho de Alijó, Vila Real, em abril de 2015, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) do Porto.

O arguido, de 38 anos e natural de Baião, distrito do Porto, a aguardar julgamento em prisão preventiva - medida de coação mais gravosa - está acusado pelos crimes de homicídio qualificado na forma consumada, homicídio consumado na forma tentada e posse de arma ilegal. (Arquivo)

O arguido, de 38 anos e natural de Baião, distrito do Porto, a aguardar julgamento em prisão preventiva - medida de coação mais gravosa - está acusado pelos crimes de homicídio qualificado na forma consumada, homicídio consumado na forma tentada e posse de arma ilegal. (Arquivo)

SIC

O arguido, de 38 anos e natural de Baião, distrito do Porto, a aguardar julgamento em prisão preventiva -- medida de coação mais gravosa -- está acusado pelos crimes de homicídio qualificado na forma consumada, homicídio consumado na forma tentada e posse de arma ilegal, salientou.

Segundo a acusação, deduzida a 02 de outubro, mas só hoje conhecida, o suspeito, a 15 de abril de 2015, cerca das 07:00, não conformado com o fim da relação amorosa foi à pastelaria onde trabalhava a companheira e, com uma pistola, atingiu-a, ferindo-a gravemente, e matou ainda uma prima dela, que também lá trabalhava, enquanto telefonava para a polícia a pedir ajuda.

A vítima mortal, de 22 anos, foi atingida com um tiro no rosto, tendo morrido ainda no local, já a companheira do arguido, de 21 anos, foi atingida no pescoço e no rosto ficando com lesões "muito graves" que a impedem de comunicar verbalmente e de se movimentar sozinha.

Na altura em que ocorreram os disparos estariam seis pessoas a trabalhar na pasteleira.

Depois do crime, o alegado homicida fugiu, entregando-se às 08:40 na esquadra de Vila Real e, de acordo com a informação que prestou, atirou a arma ao rio na localidade de Pinhão.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.