sicnot

Perfil

País

Suspeita de exposição a químicos encerra pavilhão da Faculdade de Farmácia de Lisboa

Um pavilhão da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa está encerrado desde quarta-feira, devido a sintomas em alunos, funcionários e professores, que podem ter origem na exposição a químicos, resultante de uma recolha recente de resíduos.

"A situação está neste momento a ser monitorizada. Houve uma recolha de resíduos numa cave do edifício, por uma empresa especializada e, após a recolha dos resíduos, houve uma aluna de doutoramento, alguns professores e uma funcionária que apresentaram alguns sinais que, eventualmente, poderão estar relacionados com a exposição a químicos", disse à Lusa a diretora da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL), Matilde Castro.

De acordo com a diretora da instituição, cinco pessoas terão apresentado sintomas como tonturas, náuseas e erupções cutâneas, e, "por uma questão de segurança", o pavilhão vai permanecer encerrado "até que seja monitorizada, de uma maneira oficial, a qualidade do ar e a limpeza do espaço de químicos da cave onde os reagentes estavam armazenados".

A recolha de resíduos foi feita a 28 de setembro e os sintomas surgiram no final da semana passada e início desta.

"Não há nenhuma relação causa/efeito completamente estabelecida, mas, como houve dúvidas, por uma questão de precaução, o edifício foi encerrado e só voltará a ser reaberto quando houver a certeza absoluta de que está tudo em condições", disse Matilde Castro.

A faculdade espera ter os primeiros resultados de análises no sábado e, com base neles, decidir de que forma podem ser minimizados os impactos nas aulas dos alunos e no trabalho dos investigadores de doutoramento, sendo que estes últimos já foram transferidos para instalações da FFUL no campus do Lumiar.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.