sicnot

Perfil

País

Buscas no interior do arrastão na Figueira da Foz retomam às 08:00 deste sábado

As buscas no interior do arrastão Olívia Ribau pelo pescador ainda desaparecido na sequência do naufrágio da embarcação, foram suspensas cerca das 21:00 de hoje e retomam às 08:00 de sábado, segundo a Autoridade Marítima.

PAULO NOVAIS

De acordo o porta-voz da Autoridade Marítima, Nuno Leitão, ao início da madrugada de sábado vão decorrer trabalhos para "tentar levar [o arrastão] mais para o interior da bacia de manobra do porto da Figueira da Foz", junto à praia do Cabedelinho, entre os molhes sul e interior sul do rio, para possibilitar uma maior "janela de oportunidade" de buscas aos mergulhadores da Armada e colocar a embarcação "fora da ação das correntes".

Os mergulhadores irão assim vistoriar uma parte do navio que ainda não foi analisada, embora Nuno Leitão reafirme que "não é uma certeza" que o corpo do pescador que falta recuperar esteja no interior do arrastão naufragado.

Sábado chegará ainda à Figueira da Foz um sonar do Instituto Hidrográfico, que, de acordo com o porta-voz da Autoridade Marítima, possibilita um "varrimento lateral" de 40 metros para cada lado do fundo do rio Mondego.

"Possibilita uma radiografia do fundo, detetando todas as irregularidades", frisou aquele responsável, adiantando que a utilização daquele equipamento poderá servir para detetar o corpo do pescador ainda desaparecido ou outros objetos no canal de navegação, como artes de pesca ou uma parte da ré do arrastão que se partiu.

Cerca das 19:30 de hoje foi encontrado, no interior do arrastão, o corpo de um dos pescadores que ainda estava desaparecido. Residente na Praia de Mira, o homem, de 44 anos, era o cozinheiro da embarcação.

Na terça-feira tinha já sido encontrado um corpo e na quinta-feira mais dois. Dois outros pescadores foram resgatados vivos na terça-feira, dia do naufrágio.

No arrastão Olívia Ribau naufragado na terça-feira passada, cerca das 19:15, à entrada do porto da Figueira da Foz, seguiam sete pescadores.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.