sicnot

Perfil

País

Fim das legislativas clarifica presidenciais

Fim das legislativas clarifica presidenciais

O fim das legislativas abriu o caminho para a clarificação das presidenciais. Desde domingo passado, Marcelo Rebelo de Sousa assumiu a corrida a Belém, Sampaio da Nóvoa fez saber que não vai desistir, o PCP apresentou o seu candidato e Maria de Belém formaliza a candidatura na próxima terça-feira. Há, de momento, 14 nomes que querem ser o próximo inquilino do Palácio de Belém.

  • Sampaio da Nóvoa garante não ter ficado surpreendido com liberdade de voto dada por Costa
    1:19

    Presidenciais 2016

    Sampaio da Nóvoa diz que não ficou surpreendido, e que até considera normal e natural a decisão de António Costa de dar liberdade de voto aos socialistas na primeira volta das eleições presidenciais. O candidato esteve esta sexta-feira na SIC Notícias, onde tentou desvalorizar quer a decisão de Costa, quer a candidatura de Maria de Belém, que é anunciada na próxima semana. Nóvoa diz que teve necessidade de afirmar que se mantém na corrida, por causa dos resultados das eleições legislativas.

  • 10 Minutos com Ana Catarina Mendes
    10:28

    10 Minutos

    A secretária geral adjunta do PS diz que não percebe porque é que o PSD levou tanto tempo a escolher o candidato à Câmara de Lisboa. Em entrevista no 10 Minutos da SIC Noticias, Ana Catarina Mendes considerou ainda que Pedro Passos Coelho não tem estado à altura de um líder da oposição. Quanto às legislativas, entende que o PS deve concorrer sozinho às eleições.

    Entrevista na íntegra

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.