sicnot

Perfil

País

Chuvas intensas provocam inundações em Abrantes e Mação

As fortes chuvadas das últimas horas têm provocado diversas inundações nos concelhos de Abrantes e Mação, entre outros, com estradas alagadas, garagens e caves entupidas, além de cortes de estrada em alguns locais.

Abrantes foi um dos concelhos afetados.

Abrantes foi um dos concelhos afetados.

Google Maps

"Temos dezenas de ocorrências devido a inundações, essencialmente nos concelhos de Abrantes e Mação, no norte do distrito de Santarém, com estradas alagadas e caves e garagens inundadas, devido à dificuldade de escoamento das águas pluviais", disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

"Há registo de alguns bens danificados, nomeadamente em estabelecimentos comerciais, em automóveis e em casas particulares", disse a mesma fonte, tendo acrescentado que os bombeiros tiveram de socorrer algumas pessoas que ficaram "presas nas viaturas, cercadas por água".

"Em Alferrarede e no Cabrito, no concelho de Abrantes, tivemos de socorrer pessoas que estavam com dificuldades de sair das suas viaturas", disse.

Segundo a fonte do CDOS, "as condições meteorológicas vão conhecer um agravamento até cerca das 21:00", pela que, afirmou, "a prioridade é auxiliar e defender bens e pessoas, até que pare de chover e a água se dissipe".

As primeiras chamadas para pedir ajuda "coincidiram com o início das fortes chuvadas, cerca das 15:30", disse a mesma fonte, tendo reiterado pouco mais haver a fazer: "estamos a auxiliar no mais urgente e não há muito mais a fazer até que as condições meteorológicas melhorem", afirmou.

Lusa

  •  Portugal tem 54 zonas com alto risco de cheias

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) apresentou hoje um conjunto de cartografia que identificou 54 zonas críticas de inundações em Portugal e que servirá de base à elaboração de planos de gestão de riscos até ao final deste ano.A APA identificou 22 zonas críticas de alto risco de cheias no continente, distribuídas pelas principais bacias hidrográficas, e ainda cinco zonas nos Açores e 27 na Madeira.

  • Carro do suspeito de rapto de Maelys fotografado por radar a alta velocidade
    1:16

    Mundo

    Praticamente um mês depois do desaparecimento de Maelys de Araújo, as autoridades francesas continuam a fazer buscas para tentar encontrar a menina lusodescendetnte de 9 anos. Entretanto, um jornal francês revelou que o carro do homem suspeito de rapto terá sido fotografado, por um radar, a alta velocidade na noite do desparecimento.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Icebergue com 5.800 quilómetros quadrados está a deslocar-se na Antártida

    Mundo

    Um icebergue gigante está a deslocar-se na Antártida em direção ao mar de Weddell segundo as imagens de satélite reveladas. Trata-se do A68, um icebergue quatro vezes maior que a cidade de Londres. Com cerca de 5.800 quilómetros quadrados e triliões de toneladas, A68 é um dos maiores icebergues conhecidos.