sicnot

Perfil

País

Dez militares do Curso de Comandos continuam internados em Lisboa

Dez militares do Curso de Comandos continuavam esta segunda-feira internados no Hospital da Forças Armadas (HFA), em Lisboa, oito nas enfermarias e dois na Unidade de Cuidados Intensivos, disse à agência Lusa o diretor clínico desta unidade hospitalar.

Oito dos formandos estão hospitalizados desde o dia 2 - um nono elemento teve alta hospitalar nesse mesmo dia -, tendo dois outros militares deste curso dado entrado nas urgências, na sexta-feira, e sido encaminhados depois para as enfermarias.

Oito dos formandos estão hospitalizados desde o dia 2 - um nono elemento teve alta hospitalar nesse mesmo dia -, tendo dois outros militares deste curso dado entrado nas urgências, na sexta-feira, e sido encaminhados depois para as enfermarias.

SIC

Os dez militares do 125.º Curso de Comandos, com idades entre 18 e 33 anos, estão hospitalizados com lesões causadas por uma das provas físicas, realizadas a 29 de setembro, no Campo de Tiro de Alcochete, denominada de 'marcor', que combina marcha com corrida.

Oito dos formandos estão hospitalizados desde o dia 2 - um nono elemento teve alta hospitalar nesse mesmo dia -, tendo dois outros militares deste curso dado entrado nas urgências, na sexta-feira, e sido encaminhados depois para as enfermarias.

Segundo o diretor clínico do HFA, o estado de saúde dos oito formandos internados nas enfermarias "está a evoluir bem" e prevê-se que tenham alta hospitalar "em breve".

Em relação aos dois formandos que permanecem nos cuidados intensivos, o coronel-médico Jácome de Castro disse que um dos militares "está a evoluir muito favoravelmente", enquanto o outro formando encontra-se "estável e sob vigilância".

Numa resposta escrita enviada hoje à Lusa, o porta-voz do Exército, tenente-coronel Gois Pires, explicou que os formandos hospitalizados nas enfermarias "recuperam de lesões inflamatórias da pele e tecidos subcutâneos".

Um dos militares que permanece nos cuidados intensivos teve um diagnóstico de rabdomiólise (lesão muscular), que afetou as funções renais, enquanto ao outro formando foi-lhe diagnosticado um pneumotórax.

O porta-voz do Exército acrescentou que "o processo de averiguações, aberto pelo Exército, encontra-se a decorrer", acrescentando "ser prematuro" avançar já com conclusões.

O Curso de Comandos, que dura 12 semanas, começou a 28 de setembro e conta com 70 formandos.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47