sicnot

Perfil

País

IPMA aumenta para sete os distritos sob aviso amarelo devido à chuva

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) aumentou para sete os distritos portugueses sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva forte, por vezes acompanhada de trovoada.

Reuters

O instituto juntou o distrito de Viseu aos de Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Portalegre e Santarém, colocando-os sob aviso amarelo até às 21:00 de hoje, devido à previsão de chuva ou aguaceiros, que serão por vezes fortes.

De acordo com o IPMA, o aviso amarelo é o segundo menos grave de uma escala de quatro e refere-se a uma "situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

Os efeitos da tempestade causada pelo furacão Joaquin vão continuar a sentir-se até terça-feira, embora com diminuição de intensidade.

A depressão pós-tropical corresponde a uma fase posterior da evolução do furacão Joaquin e, por isso, já não apresenta características de severidade meteorológica tipicamente associadas aos ciclones tropicais na categoria de furacão.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje céu geralmente muito nublado, com períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e possibilidade de ocorrência de trovoada.

O vento tende a soprar fraco a moderado (10 a 30 km/h) do quadrante sul, soprando do quadrante leste nas regiões Norte e Centro e sendo temporariamente moderado a forte (30 a 40 km/h) nas terras altas.

O IPMA prevê uma pequena subida da temperatura máxima no litoral da região Norte.

Para a Madeira, o instituto prevê também períodos de céu muito nublado, com aguaceiros em geral fracos, em especial nas vertentes norte e nas terras altas, enquanto o vento fraco a moderado do quadrante norte.

Já nos Açores, e nas ilhas do grupo ocidental, Corvo e Flores, estão previstos períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto, com aguaceiros fracos a partir do fim da tarde e o vento a soprar de sueste fresco com rajadas até 50 km/h, rodando para sul.

No grupo central (composto pelas ilhas da Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) e oriental (São Miguel e Santa Maria) são esperados períodos de céu muito nublado com abertas, vento sueste bonançoso a moderado -- no grupo central -- e vento leste bonançoso, rodando para sueste, no grupo oriental.

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.