sicnot

Perfil

País

Morreu o paraquedista que embateu em muro durante aterragem em Portimão

Um paraquedista que participava no concurso internacional de saltos no aeródromo da Penina, em Portimão, no Algarve, e que no domingo embateu num muro ao falhar a aterragem, morreu no hospital, disse hoje à Lusa fonte hospitalar.

Arquivo

Arquivo

© Mohammad Ismail / Reuters

Segundo fonte do gabinete de comunicação do Centro Hospitalar do Algarve, o homem deu entrada no hospital de Portimão no domingo à tarde, "com ferimentos graves, acabando por falecer na unidade hospitalar" ainda no domingo.

Por seu turno, fonte dos bombeiros afirmou que o homem, de 34 anos e natural da Índia, estava a chegar ao solo quando terá embatido com violência num muro, alegadamente empurrado por uma rajada de vento, "tendo sofrido ferimentos graves e entrado em paragem cardiorrespiratória".

Segundo a fonte, o homem foi assistido no local por uma equipa do Instituto Nacional de Emergência (INEM), que "conseguiu reanimá-lo e estabilizá-lo" até à chegada ao hospital.

No festival internacional de paraquedismo Autumn Boogie 2015, a decorrer até domingo, no aeródromo da Penina, na freguesia de Alvor (Portimão), participam cerca de 300 praticantes da modalidade de vários países.

A Skydive Algarve, empresa organizadora do evento, recusou-se a comentar o sucedido, alegando que o caso está a ser investigado pelas autoridades.

Em pouco mais de 18 meses, o acidente de domingo passado é o terceiro registado naquele aeródromo municipal com vítimas mortais.

Em março e outubro de 2014, dois outros paraquedistas, um homem de 40 anos de nacionalidade alemã e uma mulher portuguesa de 32, morreram em consequência de quedas devido a alegados problemas com os paraquedas.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.