sicnot

Perfil

País

Bactéria multirresistente do hospital de Vila Nova de Gaia terá surgido pelo uso de antibióticos

A bactéria multirresistente do hospital de Vila Nova de Gaia terá surgido em consequência do uso de antibióticos, é de rápida disseminação, transmite-se pelo toque, sobrevive na pele e no meio ambiente e desconhece-se a sua durabilidade, explicou fonte hospitalar.

© Ints Kalnins / Reuters

"Não há período de incubação, ninguém sabe ao certo o período que [um paciente] se mantém colonizado [com a bactéria], há quem diga que é toda a vida e há estudos que dizem que é intermitente", explicou à Lusa a coordenadora do Grupo Coordenador Local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobiano do Centro Hospitalar Gaia/Espinho.

Margarida Mota, responsável pelo controlo do tratamento antimicrobiano dos pacientes portadores da bactéria Klebsiella Pneumoniae do hospital de Gaia, referiu ser por isso mesmo que as recomendações vão no sentido de "perante um doente positivo, o melhor é considerá-lo positivo para o resto da vida".

Os próprios familiares dos doentes portadores que já regressaram a casa receberam recomendações de "lavagem de mãos sempre que contactam com o doente", tal como "o doente tem indicação de lavagem de mãos sempre que vai à casa de banho e sempre que procede à sua higienização".

No centro hospitalar de Gaia foram identificados 30 doentes portadores da bactéria multirresistente, oito dos quais morreram sem que a causa possa ser atribuída diretamente à infeção e nove já tiveram alta.

"Aquela que suspeitamos que tenha sido a origem deste surto foi uma doente que estava internada com uma complicação pós-operatória na cirurgia. E chegámos a esta conclusão porque o primeiro caso era um doente que tinha sido admitido há pouco tempo" e partilhou a mesma unidade de pós-operatório, explicou a responsável.

Perante o quadro, o hospital considera ser muito provável que a bactéria se tenha desenvolvido como "efeito colateral da terapêutica com antibióticos" ministrada à primeira paciente que já estava internada há cerca de 50 dias e que já "tinha feito vários ciclos de antibióticos".

Os dois doentes partilharam a unidade de pós-operatório no dia 29 de julho e o primeiro caso foi notificado a 07 de agosto, mas os restantes contaminados só começaram a ser isolados na última semana de agosto.

"Tivemos que desencadear procedimentos para caracterizar essa bactéria [o] que nos levou algum tempo porque não tínhamos técnicas para efetuar isso. Tivemos que adquirir técnicas e kits para classificar e foi quando verificámos que estávamos perante uma bactéria Klebsiella", referiu.

Foi também no final de agosto que o hospital arrancou com os rastreios e análise do percurso de outros pacientes que começaram a apresentar sinais da "superbactéria", tendo o último doente sido identificado no rastreio efetuado na passada sexta-feira.

Margarida Mota prevê que possam surgir "mais três ou quatro" doentes portadores da bactéria mas salientou que "numa equivalência à gripe podemos dizer que já atingimos o pico na semana passada e esta semana estamos a zero".

Quanto aos 13 doentes ainda internados e portadores da bactéria, a sua saída "depende do quadro clínico, da doença que motivou o seu internamento e das condições sociais em que vivem".

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.