sicnot

Perfil

País

Chefe da diplomacia angolana confirma contacto de Portugal sobre ativistas detidos

O ministro das Relações Exteriores de Angola confirmou hoje, em Luanda, que foi contactado pelo seu homólogo português sobre a situação dos 15 ativistas detidos desde junho, tendo partilhado a posição de que se trata de um assunto interno.

Em declarações à agência Lusa, Georges Chikoti disse que já falou com Rui Machete sobre o assunto, tendo o mesmo considerado que "Angola está no direito de exercer a sua justiça devidamente".

"De maneiras que o assunto está nas mãos da Justiça e tudo vai correr nos termos da lei", disse o governante angolano.

Segundo o chefe da diplomacia angolana, a Justiça está a aplicar a rigor a lei, até que o assunto seja concluído pelos tribunais.

"Algumas da acusações são graves, então vamos ouvir o que é que o poder judicial vai dizer. Tem que ser os juízes a julgarem o caso e depois ouvirmos o que será a conclusão do processo", frisou.

Em causa está a prisão preventiva aplicada a estes jovens há praticamente quatro meses, quando o crime de que estão acusados formalmente pelo Ministério Público, desde 16 de setembro - atos preparatórios para uma rebelião e um atentado contra o Presidente angolano - admite liberdade condicional, até serem julgados.

Entre os 15 jovens angolanos detidos encontra-se o 'rapper' e ativista Luaty Beirão, que também tem nacionalidade portuguesa, em greve de fome há 25 dias.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos únicos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Tiroteio em Espanha causa três mortos

    Mundo

    Um tiroteio na cidade espanhola de Teruel, na região de Aragão, fez esta quinta-feira três mortos, entre os quais dois elementos da Guardia Civil. O atirador está em fuga.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • Os Simpsons já sabiam em 1998 que a Fox iria pertencer à Disney

    Cultura

    Os Simpsons acertaram outra vez. Algo que tem acontecido regularmente nos últimos tempos, com a eleição de Donald Trump, o aparecimento do vírus Ébola ou o escândalo dos Panama Papers. Desta vez, a previsão remonta a 1998, quando a série previu que a 20th Century Fox iria pertencer à Disney.

    SIC