sicnot

Perfil

País

Estudo indica que portugueses no Luxemburgo têm falta de vitamina D

Os emigrantes portugueses estão entre os grupos com maior risco de sofrer de falta de vitamina D, uma carência que pode provocar doenças cardiovasculares ou osteoporose, indica um estudo do Instituto de Saúde do Luxemburgo.

© Suzanne Plunkett / Reuters

Os investigadores do Instituto Público Luxemburguês analisaram uma amostra de 1.432 adultos, representativa da população residente no Luxemburgo, incluindo portugueses, que correspondem a 10% do grupo estudado.

O estudo conclui que mais de 80% da população no Luxemburgo tem falta de vitamina D, estando "os residentes de origem portuguesa ou de países extra-comunitários entre os grupos mais vulneráveis", que incluem também fumadores, obesos e pessoas que não consomem álcool.

De acordo com as conclusões, a que a Lusa teve acesso, 85,6% dos portugueses têm níveis de vitamina D inferiores aos recomendados, contra 69,6% dos luxemburgueses.

Quase um quarto dos portugueses no Luxemburgo (22,7%) sofrem de avitaminose ou de carência grave, uma percentagem que no caso dos luxemburgueses e de outros imigrantes europeus ronda os 15 %.

A vitamina D é obtida principalmente pela exposição ao sol, através da ação dos raios ultravioleta, sendo os alimentos "insuficientes para fornecer os níveis de que o corpo precisa", disse à Agência Lusa uma das autoras do estudo, Ala'a Alkerwi.

Os investigadores não sabem "por que razão os portugueses, os fumadores ou os obesos têm maior risco de sofrer de falta de vitamina D", e vão conduzir um segundo estudo para investigar as causas desta carência.

"Estamos a organizar um segundo estudo com a mesma amostra, para obtermos informação sobre a exposição ao sol ou as atividades ao ar livre destes grupos, e saber também se usam protetor solar, que impede a vitamina D de ser sintetizada", disse à Lusa a investigadora.

A falta de vitamina D aumenta o risco de doenças cardiovasculares, osteoporose, doenças imunológicas e alguns tipos de cancro, e os emigrantes portugueses devem estar particularmente atentos à possibilidade de carência, alertou a investigadora.

"Os doentes [de grupos de risco] devem discutir com os médicos de família a possibilidade de fazerem análises aos níveis de vitamina D, uma a duas vezes por ano. Em caso de carência, devem ser tratados com suplementos orais", recomendou.

Este é o primeiro estudo conduzido no país sobre carência de vitamina D, considerado "um problema de saúde pública, não só no Luxemburgo, como em todo o mundo".

"O Luxemburgo, apesar das condições climáticas desfavoráveis à exposição solar, era até aqui um dos poucos países europeus sem informação nacional sobre os níveis de vitamina D", indicam os autores do estudo.

  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16