sicnot

Perfil

País

Sete distritos sob aviso amarelo devido à chuva forte

Sete distritos estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de chuva forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

De acordo com o IPMA, os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja, Santarém, Faro e Setúbal estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e que poderão ser acompanhados de trovoada.

O instituto informa na sua página da Internet que o aviso tem início às 9:00 e termina às 21:00 de hoje.

Também a Madeira está hoje sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora e de agitação marítima, prevendo-se ondas do quadrante norte com 4 a 5 metros de altura, entre a 1:00 e as 12:00 de hoje.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma "situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica".

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser por vezes fortes, condições favoráveis à ocorrência de trovoada, vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando moderado a forte nas terras altas.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena subida da temperatura máxima.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros, em especial nas vertentes norte e nas terras altas, vento moderado a forte do quadrante norte, com rajadas da ordem de 70 quilómetros por hora em especial até ao final da manhã, sendo de 90 quilómetros por hora nas terras altas.

Está também prevista uma pequena subida da temperatura mínima.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre os 16 e os 22 graus Celsius, no Porto entre 14 e 22, em Bragança e Viseu entre 12 e 28, na Guarda 11 e 16, em Castelo Branco entre 14 e 20, em Santarém entre 14 e 23, em Évora entre 13 e 21, em Beja entre 14 e 21, em Setúbal entre 15 e 22, em Faro entre 17 e 22 e no Funchal entre 19 e 24.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".