sicnot

Perfil

País

Autoridades investigam aparecimento de ossadas humanas na Sertã

As autoridades estão a investigar, desde terça-feira, o aparecimento de umas ossadas humanas num baldio em Fonte da Pinta, junto à Câmara Municipal da Sertã, informou hoje à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Castelo Branco.

"A GNR da Sertã foi alertada por um popular na terça-feira à tarde, tendo confirmado no local que as ossadas encontradas são humanas. Tudo indica que pertencem a um indivíduo do sexo masculino que estava desaparecido há cerca de quatro anos naquela localidade", disse à agência Lusa o major Alves, relações públicas do Comando Territorial da GNR de Castelo Branco.

Segundo disse ainda aquele militar, "no local foi encontrada a sua carteira e os documentos, pertença de um homem de 57 anos de idade, residente da Sertã", e dado como desaparecido.

"O corpo, já em ossada, estava num baldio, no meio do mato, e por isso não estava em posição visível, não existindo, para já, indícios que apontem para uma situação de foro criminal", declarou.

Chamada ao local, a Polícia Judiciária de Coimbra está a investigar o caso, tendo "recolhido as ossadas".

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".