sicnot

Perfil

País

Retrato de Luaty Beirão no "muro das Amoreiras" para dar força ao ativista luso-angolano

O 'graffiter português Slap pintou no "muro das Amoreiras", em Lisboa, um retrato do músico e ativista luso-angolano Luaty Beirão, para "dar força" à luta pela liberdade de expressão, que devia ser um combate "de todos".

Manuel de Almeida

Num fundo amarelo, o rosto de Luaty a preto com uma coroa de espinhos e uma frase de "Redemption Song", uma canção de Bob Marley: How long shall they kill our prophets while we stand aside and look? (Durante quanto tempo devem eles matar os nossos profetas enquanto ficamos à margem a olhar?).

"É um mural para dar força à luta dele, que é por liberdades e direitos. Uma luta que devia ser de todos nós", disse Slap em declarações à agência Lusa.

A decisão de pintar o mural surgiu quando Slap soube a data do início do julgamento, dia 16 de novembro, que viu "como uma sentença de morte antecipada".

O 'graffiter' acredita que "com alguém a sacrificar-se pelos outros", a mudança é "inevitável". "Só não sabemos quando e o quê irá acontecer", disse.

A peça demorou dois dias a estar pronta.

Luaty Beirão, de 33 anos, está detido desde 20 de junho e entrou em greve de fome há 33 dias.

Com ele foram detidos outros 14 ativistas, que estão também em prisão preventiva.

Em causa está uma operação policial desencadeada a 20 de junho de 2015, quando 15 ativistas angolanos foram detidos em Luanda, em flagrante delito, durante a sexta reunião semanal de um curso de formação de ativistas, para promover posteriormente a destituição do atual regime, diz a acusação.

Outros dois jovens foram detidos dias depois. Dos 17, apenas dois se encontram a aguardar julgamento em liberdade.

Foram todos acusados - entre outros crimes menores - da coautoria material de um crime de atos preparatórios para uma rebelião e para um atentado contra o Presidente de Angola, no âmbito desse curso de formação, que decorria desde maio.

Segundo a acusação, reuniam-se aos sábados para discutir as estratégias e ensinamentos da obra "Ferramentas para destruir o ditador e evitar uma nova ditadura, filosofia da libertação para Angola", do professor universitário Domingos da Cruz - um dos arguidos detidos -, adaptado do livro "From Dictatorship to Democracy", do norte-americano Gene Sharp.

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC