sicnot

Perfil

País

Médico condenado na Madeira atestou sempre normalidade da gravidez

Médico condenado na Madeira atestou sempre normalidade da gravidez

A Justiça da Madeira condenou um médico por não ter detetado malformações num feto. Nas várias ecografias, o clínico não viu, por exemplo, que faltava um rim, tendo atestado sempre a normalidade da gestação.

  • PS volta a subir nas intenções de voto, PSD é o que mais perde
    1:51