sicnot

Perfil

País

PSP detém 5 pessoas e apreende 72 armas e mais de 450 munições em operação nacional

A PSP anunciou hoje a detenção de cinco pessoas e a apreensão de 72 armas e mais de 450 munições durante uma operação de fiscalização a este setor, que decorreu em todo o país.

Em comunicado, a direção nacional da Polícia de Segurança Pública refere que quatro pessoas foram detidas por posse de arma proibida e uma por uso de porte de arma, sob efeito de álcool.

Durante a operação, denominada "ARMEX II", a PSP apreendeu também 72 armas, mais de 450 munições e 1.965 artigos pirotécnicos, além de ter detetado mais de 50 infrações ao Regime Jurídico das Armas e Suas Munições.

Para a operação, realizada na passada quinta-feira, durante 24 horas, foram mobilizados mais de 900 elementos da PSP, que tiveram como principais alvos pedreiras, armeiros, pirotecnias, estanqueiros, fábricas e outros locais de emprego de explosivos, adianta aquela força de segurança.

A PSP justificou a operação com a proximidade das épocas festivas e a necessidade de fiscalizar o setor das armas e munições.

O licenciamento, controlo e fiscalização do fabrico, armazenamento, comercialização, uso e transporte de armas, munições e substâncias explosivas e equiparadas é uma competência da PSP.

Lusa

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19