sicnot

Perfil

País

Previsão de agitação marítima fecha quatro barras

As barras de Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Douro estão hoje fechadas a toda a navegação e outras três estão condicionadas devido à previsão de agitação marítima forte, informou a Marinha portuguesa.

© Luke MacGregor / Reuters

De acordo com a informação disponível na página da Marinha na Internet às 06:00, as barras de Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Douro estão fechadas à navegação devido à previsão de ondas com 4 a 5 metros.

A Marinha informou também que as barras de Aveiro e Figueira da Foz estão condicionadas a embarcações com comprimento inferior a 15 e 35 metros, respetivamente.

A barra marítima de São Martinho do Porto está com a navegação condicionada apenas na preia-mar.

Por causa da agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, dez distritos do continente e a Madeira.

Segundo o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro e o arquipélago da Madeira estão sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas com 4 a 5 metros.

Os dez distritos do continente estão sob aviso amarelo entre as 08:00 de hoje e as 18:00 de quarta-feira enquanto na Madeira vai estar em vigor entre 09:00 e as 18:00 de hoje.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa risco para determinadas atividades dependentes do estado do tempo.

O IPMA prevê para hoje na costa ocidental ondas de noroeste com 4 a 5 metros, sendo 3 a 4 metros a sul do Cabo Raso até meio da manhã.

Na costa sul prevê-se ondas de sudoeste com 1 a 1,5 metros.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05