sicnot

Perfil

País

Dez distritos do continente e Madeira sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Dez distritos do continente e o arquipélago da Madeira estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro e o Porto Santo e a costa norte da Madeira estão sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros entre as 02:00 e as 18:00 de hoje.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa risco para determinadas atividades dependentes do estado do tempo.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, com boas abertas na região sul, aguaceiros, que poderão ser de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela até ao fim da manhã, sendo fracos e pouco frequentes na região sul.

Está também previsto vento em geral fraco predominando de sudoeste, soprando por vezes moderado no litoral a norte do Cabo Raso, e sendo moderado a forte nas terras altas.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, aguaceiros fracos e vento fraco.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 14 e 20 graus Celsius, no Porto e Braga entre 11 e 18, em Viana do Castelo entre 12 e 19, em Vila Real entre 9 e 15, em Bragança entre 7 e 13, em Viseu entre 9 e 12, em Coimbra entre 12 e 17, em Leiria entre 12 e 19, na Guarda entre 7 e 12, em Castelo Branco entre 10 e 17, em Santarém entre 12 e 20, em Évora entre 10 e 20, em Beja entre 12 e 20, em Faro entre 15 e 21 e no Funchal entre 16 e 23.

Lusa

  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Hospitais já registam picos de afluência apesar de casos de gripe serem ainda poucos
    2:13

    País

    A gripe ainda não chegou em força, mas nos últimos dias foram vários os hospitais com grande afluências de doentes, sobretudo idosos e com infeções respiratórias. Em alguns dias desta semana o número de doentes disparou para mais de 600, como disse à SIC o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.