sicnot

Perfil

País

Líder da UGT espera que promessas eleitorais possam ver a luz do dia

Líder da UGT espera que promessas eleitorais possam ver a luz do dia

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, considera que a atenuação das políticas de austeridade não vai ser feita de um dia para o outro, se António Costa vier a tornar-se primeiro-ministro. Carlos Silva, que é militante do PS, já manifestou a oposição, a nível pessoal, a um governo de esquerda. Mas garante que o mais importante é que o próximo executivo governe bem e que algumas das promessas eleitorais sejam cumpridas.