sicnot

Perfil

País

Mulher acusada pela morte do filho no rio Douro negou tê-lo empurrado

Mulher acusada pela morte do filho no rio Douro negou tê-lo empurrado

Começou hoje a ser julgada, pela segunda vez, a mulher que em 2013 foi condenada a 5 anos de pena suspensa por alegadamente ter deixado o filho afogar-se no Rio Douro. O Tribunal da Relação do Porto decidiu repetir parte do julgamento porque considerou que não ficou claro se a arguida tinha ou não intenção de matar a criança de 6 anos.