sicnot

Perfil

País

OMS quer sensibilizar restauração para ajudar a reduzir consumo de sal

OMS quer sensibilizar restauração para ajudar a reduzir consumo de sal

Os portugueses consomem, em média, 11 gramas de sal diários, quando o ideal seria uma dose inferior a 5 gramas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) pretende atingir esse objetivo até 2025, através da sensibilização, juntamente com estabelecimentos de restauração.

  • Há sal a mais à mesa dos portugueses

    País

    Quase todos os portugueses ingerem quantidades de sal superiores ao recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e, apesar de estarem mais informados sobre os seus malefícios, nos últimos cinco anos apenas um quarto mudou os seus hábitos alimentares.

  • Somos o que comemos

    Grande Reportagem SIC

    As doenças que mais matam em Portugal estão associadas, cada vez mais, a uma alimentação desequilibrada.A má alimentação mata mais do que o tabaco, o álcool ou o consumo de drogas. Sabe quanto açúcar e quanto sal põe, diariamente, no prato dos seus filhos?

  • Hipertensão é o maior problema de saúde pública
    3:22

    País

    A hipertensão é o maior problema de saúde pública que atinge quase metade da população. Um estudo divulgado hoje conclui também que os portugueses estão mais sensibilizados para a gravidade da doença e para os malefícios do consumo excessivo de sal.

  • Desde 2005 morreram 72 bombeiros mas ninguém sabe quantos ficaram feridos
    2:02

    Reportagem Especial

    "Vidas de Fogo" é a Reportagem Especial desta noite, sobre os bombeiros feridos em combate a incêndios florestais. Este ano, durante o período mais crítico dos fogos, vão estar no terreno quase 10.000 operacionais. Grande parte são bombeiros voluntários. Vamos contar cinco casos de bombeiros feridos em combate e tentar saber como se recupera de um acidente, como se vive depois de queimado e como se lida com a morte de colegas durante um fogo.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.