sicnot

Perfil

País

OMS quer sensibilizar restauração para ajudar a reduzir consumo de sal

OMS quer sensibilizar restauração para ajudar a reduzir consumo de sal

Os portugueses consomem, em média, 11 gramas de sal diários, quando o ideal seria uma dose inferior a 5 gramas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) pretende atingir esse objetivo até 2025, através da sensibilização, juntamente com estabelecimentos de restauração.

  • Há sal a mais à mesa dos portugueses

    País

    Quase todos os portugueses ingerem quantidades de sal superiores ao recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e, apesar de estarem mais informados sobre os seus malefícios, nos últimos cinco anos apenas um quarto mudou os seus hábitos alimentares.

  • Somos o que comemos

    Grande Reportagem SIC

    As doenças que mais matam em Portugal estão associadas, cada vez mais, a uma alimentação desequilibrada.A má alimentação mata mais do que o tabaco, o álcool ou o consumo de drogas. Sabe quanto açúcar e quanto sal põe, diariamente, no prato dos seus filhos?

  • Hipertensão é o maior problema de saúde pública
    3:22

    País

    A hipertensão é o maior problema de saúde pública que atinge quase metade da população. Um estudo divulgado hoje conclui também que os portugueses estão mais sensibilizados para a gravidade da doença e para os malefícios do consumo excessivo de sal.

  • A derrota que envergonhou a Argentina e apurou a Croácia

    Mundial 2018 / Argentina

    A Croácia garantiu esta quinta-feira a passagem aos oitavos de final do Mundial 2018. A seleção croata bateu a Argentina por 3-0 e deixou os sul-americanos com as contas do apuramento muito complicadas. Veja aqui os golos e os principais lances do encontro.

  • A "saída limpa" da Grécia ao fim de oito anos de resgates
    0:54
  • Lisboa vence prémio Capital Europeia Verde de 2020

    País

    A cidade de Lisboa venceu o prémio de Capital Europeia Verde de 2020, anunciou o comissário da União Europeia para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, numa cerimónia que decorreu em Nijmegen, na Holanda.

  • Trump culpa democratas pela separação de pais e filhos
    0:22
  • Melania quer famílias reunidas "o mais rápido possível"
    0:35

    Mundo

    A primeira dama dos Estados Unidos fez uma visita surpresa a um centro de detenção de crianças, na fronteira com o México. As imagens mostram a mulher de Donald Trump reunida com responsáveis, não se sabendo para já se Melania teve ou não contacto direto com algumas das crianças detidas.