sicnot

Perfil

País

Desalojados em Albufeira devido às inundações

GALERIA DE FOTOS

Várias pessoas ficaram hoje desalojadas no concelho de Albufeira, no Algarve, devido às inundações provocadas pela chuva que fustigou a região. As autoridades desconhecem ainda o número exato de pessoas afetadas.

LUIS FORRA

LU\303\215S FORRA

LU\303\215S FORRA

LU\303\215S FORRA

LU\303\215S FORRA

"Neste momento [18:20] ainda não temos quantificado o número exato de pessoas desalojadas pelas inundações, e estamos a acompanhar os vários casos com os serviços sociais, para que as pessoas possam ser realojadas temporariamente", indicou a vereadora responsável pela proteção civil da Câmara de Albufeira, Ana Vidigal.

De acordo com a responsável, a quantidade de água que caiu no Algarve, inundou diversas habitações em vários pontos do concelho de Albufeira, um dos mais fustigados pela intempérie.

"Estamos a fazer tudo o que está ao nosso alcance para ajudar as pessoas que foram afetadas", sublinhou.

Por seu turno, o segundo comandante distrital da Proteção Civil, Abel Gomes, disse que situação "ainda não está normalizada", mas que o nível das águas está a baixar, tanto pela ausência de chuva como pela preia-mar.

Abel Gomes indicou que a situação anormal adversa de pluviosidade registada durante a madrugada e manhã no Algarve, provocou várias inundações em habitações, lojas, caves, ruas e estradas em vários concelhos algarvios, com maior incidência nas cidades de Quarteira, no concelho de Loulé, e de Albufeira.

"A mais complexa foi a situação em Albufeira, onde houve a necessidade de resgatar algumas pessoas de estabelecimentos e habitações", frisou.

Segundo Abel Gomes, ao longo do dia de hoje registou-se "uma grande quantidade de pedidos de auxílio" um pouco por todo o Algarve, o que motivou o envolvimento de todas as corporações de bombeiros e agentes da proteção civil nas operações de socorro às populações.

Com Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.