sicnot

Perfil

País

Desalojados em Albufeira devido às inundações

GALERIA DE FOTOS

Várias pessoas ficaram hoje desalojadas no concelho de Albufeira, no Algarve, devido às inundações provocadas pela chuva que fustigou a região. As autoridades desconhecem ainda o número exato de pessoas afetadas.

LUIS FORRA

LU\303\215S FORRA

LU\303\215S FORRA

LU\303\215S FORRA

LU\303\215S FORRA

"Neste momento [18:20] ainda não temos quantificado o número exato de pessoas desalojadas pelas inundações, e estamos a acompanhar os vários casos com os serviços sociais, para que as pessoas possam ser realojadas temporariamente", indicou a vereadora responsável pela proteção civil da Câmara de Albufeira, Ana Vidigal.

De acordo com a responsável, a quantidade de água que caiu no Algarve, inundou diversas habitações em vários pontos do concelho de Albufeira, um dos mais fustigados pela intempérie.

"Estamos a fazer tudo o que está ao nosso alcance para ajudar as pessoas que foram afetadas", sublinhou.

Por seu turno, o segundo comandante distrital da Proteção Civil, Abel Gomes, disse que situação "ainda não está normalizada", mas que o nível das águas está a baixar, tanto pela ausência de chuva como pela preia-mar.

Abel Gomes indicou que a situação anormal adversa de pluviosidade registada durante a madrugada e manhã no Algarve, provocou várias inundações em habitações, lojas, caves, ruas e estradas em vários concelhos algarvios, com maior incidência nas cidades de Quarteira, no concelho de Loulé, e de Albufeira.

"A mais complexa foi a situação em Albufeira, onde houve a necessidade de resgatar algumas pessoas de estabelecimentos e habitações", frisou.

Segundo Abel Gomes, ao longo do dia de hoje registou-se "uma grande quantidade de pedidos de auxílio" um pouco por todo o Algarve, o que motivou o envolvimento de todas as corporações de bombeiros e agentes da proteção civil nas operações de socorro às populações.

Com Lusa

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.