sicnot

Perfil

País

Chuvas causaram "largos milhares" em prejuízos em Albufeira

Galeria de fotos

O presidente da Câmara de Albufeira estimou hoje em "largos milhares de euros os prejuízos" causados pelas inundações de domingo, adiantando que, "para já", não irá avançar com o pedido de calamidade pública.

Lusa

Lusa

lusa

lusa

Lusa

Lusa

lusa

De acordo com Carlos Silva e Sousa, "os danos abrangem redes de esgotos, águas e eletricidades, estradas e ruas, um pouco por todo o concelho, e praias também".

O presidente da autarquia indicou ainda que as pessoas que ficaram sem habitação foram realojadas temporariamente, não havendo qualquer situação pendente.

No centro da cidade de Albufeira, a zona mais atingida pelas fortes chuvas e onde a água atingiu cerca de 1,80 metros de altura, as equipas de limpeza e os comerciantes tentavam hoje de manhã remover lamas e objetos arrastados pela corrente.

As lojas do centro estão fechadas e, em algumas delas, trabalhadores e funcionários procedem à limpeza e retirada dos objetos.

As equipas de Proteção Civil mantiveram-se no terreno durante toda a noite, na tentativa de repor a normalidade, dando especial atenção à baixa da cidade, onde hoje de manhã ainda continuavam bem visíveis os mais variados objetos, desde mesas, cadeiras, a sinais de trânsito e tudo aquilo que a água encontrou pela frente e arrastou.

Durante a noite, o nível das águas baixou, estando nesta altura visíveis as lamas e objetos.

O presidente da câmara prevê que a normalidade seja reposta nos próximos dias.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.