sicnot

Perfil

País

Cinco vítimas do acidente nas Furnas em observação nas Urgências

O Hospital Divino Espírito Santo, na ilha de S. Miguel, nos Açores, informou hoje que cinco vítimas, todas adultas, envolvidas no acidente de viação nas Furnas permanecem em observação no serviço de urgência.

EDUARDO COSTA


Fonte do gabinete de imprensa do hospital, em Ponta Delgada, adiantou à agência Lusa que, das cinco vítimas em observação no Serviço de Urgência, quatro estão em "situação clínica estável" e uma em estado considerado "grave", sendo que três são do sexo feminino e duas do sexo masculino.

O acidente ocorreu esta manhã envolvendo um camião e um autocarro de passageiros, na estrada sul que dá acesso às Furnas, na ilha de São Miguel, e provocou um morto e doze feridos.

Fonte do Serviço Proteção Civil dos Açores (SRPCA) adiantou que a vítima mortal é o condutor do autocarro de passageiros.

Várias unidades dos bombeiros voluntários da ilha de São Miguel foram chamados ao local, tendo mesmo sido chamados a desencarcerar passageiros.

A estrada regional de acesso às Furnas permanece interrompida ao trânsito.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.