sicnot

Perfil

País

Dívida do Estado às farmácias ronda os 100 milhões de euros

O Estado deve às farmácias quase 100 milhões de euros em comparticipações de medicamentos. A notícia é avançada pelo Diário de Notícias.Uma dívida acumulada desde junho em três das cinco Administrações Regionais de Saúde do país. O maior valor em falta, desde março de 2005, atingiu os 160 milhões de euros.

O Norte é a região que mais deve às farmácias. Quase 70 milhões de euros relativo a apenas dois meses (julho e agosto de 2015).

Segue-se a ARS do Centro com mais de 18 milhões em dívida mas só do mês de agosto. A ARS do Alentejo com quase 11 milhões de euros em falta, também relativo aos meses de julho e agosto.

Ao Diário de Notícias, o presidente da ARS garante que já foi paga uma parte desta dívida e até ao final do ano ficará tudo acertado.

Numa situação que decorre do défice orçamental entre os 15 e os 17 milhões de euros e que costumam ser regularizados por esta altura mas este ano, com a mudança do governo, foi mais condicionada.

Valores confirmados pela FINAN-FARMA, a entidade financeira que adianta às farmácias as comparticipações dos medicamentos comparticipados pelo Estado.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.