sicnot

Perfil

País

Greve de enfermeiros na Madeira com adesão de 85%, afirma sindicato

A greve de enfermeiros que hoje começou na Região Autónoma da Madeira está a registar uma adesão de cerca de 85%, segundo fonte sindical.

A greve foi convocada pelo Sindicato dos Enfermeiros da Região Autónoma da Madeira (SERAM) para hoje e terça-feira, reivindicando a harmonização salarial dos enfermeiros com contrato individual de trabalho.

De acordo com os dados do SERAM, "durante o turno da noite, a maior parte dos serviços de internamento no Hospital Dr. Nélio Mendonça e no dos Marmeleiros, teve uma adesão de 95%".

Nestes serviços "só foram assegurados as obrigações mínimas de acordo com as diretivas de greve necessárias aos utentes internados", disse o dirigente sindical Juan Carvalho, adiantando que, quando conjugados os valores do turno da noite com os do turno da manhã, a adesão se fixa nos 85%.

Falta ainda apurar alguns dados dos centros de saúde regionais, segundo a mesma fonte.

O sindicato considera "inadmissível que na sequência do acordo alcançado com o Ministério da Saúde no passado dia 29 de setembro, a Secretaria Regional da Saúde e o Serviço Regional de Saúde da Madeira teimem em manter a crónica situação de discriminação salarial entre enfermeiros".

Da parte do Serviço Regional de Saúde, contactado pela Lusa, não há qualquer comentário aos números veiculados pelo sindicato.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".