sicnot

Perfil

País

Quatro distritos sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Quatro distritos do continente e as ilhas açorianas de São Miguel e de Santa Maria estão hoje sob aviso amarelo, devido à previsão de agitação marítima e vento forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

(Arquivo)

(Arquivo)

(arquivo)

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os distritos de Beja, Faro, Lisboa e Setúbal estão hoje sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste, com três a quatro metros entre as 04:00 e as 21:00 de hoje, sendo que em Faro o aviso para a agitação marítima prolonga-se até às 00:00 de terça-feira.

Os quatros distritos estão também sob aviso amarelo devido à previsão de vento moderado, por vezes forte, com rajadas até 80 km/hora na faixa costeira, entre as 04:00 e as 15:00 de hoje.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significa risco para determinadas atividades dependentes do estado do tempo.

As ilhas açorianas de São Miguel e de Santa Maria estão sob aviso amarelo da meteorologia até às 12:00 de hoje, por causa da previsão de chuva, anunciou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O aviso, o segundo menos grave numa escala de quatro, vigorará entre as 03:00 e as 12:00, período em que se prevê chuva que poderá ser "pontualmente forte" nas duas ilhas do grupo oriental dos Açores.

Para hoje, o IPMA prevê para as regiões norte, céu geralmente muito nublado, com períodos de chuva, sendo pontualmente forte na região norte e interior centro a partir do início da tarde.

O vento será fraco a moderado (10 a 30 km/h) do quadrante leste, soprando temporariamente moderado a forte (30 a 45 km/h) com rajadas até 80 km/h na faixa costeira a sul do Cabo Carvoeiro até ao início da tarde, tornando-se do quadrante sul durante a tarde.

Já nas terras altas, o vento soprará moderado a forte (30 a 45 km/h) do quadrante leste, tornando-se do quadrante sul durante a manhã.

Prevê-se ainda uma pequena subida da temperatura mínima e descida da temperatura máxima na região norte e interior centro.

Para a região sul, o IPMA prevê também céu geralmente muito nublado, com períodos de chuva, sendo pontualmente forte no litoral a sul do Cabo de Sines até ao início da manhã.

O vento será fraco a moderado (10 a 25 km/h) do quadrante sul, soprando moderado a forte (25 a 45 km/h) no litoral, por vezes com rajadas até 80 km/h na faixa costeira, tornando-se do quadrante oeste no Algarve a partir do final da tarde.

Nas terras altas, o vento soprará moderado a forte (30 a 45 km/h) do quadrante sul.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 14 e 17 graus Celsius, no Porto entre 14 e 18, em Braga entre 13 e 20, em Viana do Castelo entre 14 e 19, em Vila Real entre 12 e 15, em Bragança e Viseu entre 11 e 13, em Coimbra entre 14 e 17, em Leiria entre 13 e 20, na Guarda entre 9 e 10, em Castelo Branco entre 12 e 15, em Santarém entre 13 e 19, em Évora e Beja entre 11 e 17, em Faro entre 14 e 19, no Funchal entre 14 e 22, em Angra do Heroísmo entre 18 e 20 e Santa Cruz entre 15 e 18.

Lusa

  • Temporal no Algarve provoca inundações e inúmeros estragos
    1:31

    País

    O Algarve está sob aviso vermelho de mau tempo. A chuva intensa que tem caído desde manhã cedo e o vento forte já provocaram inúmeros estragos. Há casas inundadas, muros derrubados e árvores arrancada do chão. Portimão,Loulé e Albufeira são os concelhos mais afetados pelo temporal.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31