sicnot

Perfil

País

FENPROF apela para a forte participação dos docentes na concentração no dia 10

A Federação Nacional dos Professores apelou hoje para "uma forte participação" dos professores, educadores e investigadores, na concentração agendada para dia 10 pela CGTP, frente ao Parlamento, quando será apresentado o programa do Governo e moções de rejeição.

Lusa

"É importante estarmos lá todos", disse à agência Lusa o secretário-geral da FENPROF, Mário Nogueira, depois de publicar o apelo na página de Internet da federação sindical.

A concentração está marcada para as 15:00 e prolongar-se-á até às votações do programa do governo e das moções de rejeição elaboradas pela oposição.

A estrutura sindical defende a demissão do governo, alegando que não conta com o apoio maioritário do parlamento, pois "perdeu 800.000 votos nas eleições e, em resultado, 25 deputados".

Os docentes rejeitam políticas desenvolvidas na anterior legislatura pela coligação PSD-CDS/PP, como a delegação de competências do Ministério da Educação nas autarquias, a eliminação de disciplinas no currículo dos alunos, os cortes salariais e de pensões.

O desemprego, a precariedade laboral a que estão sujeitos, a política de concursos e a falta de financiamento do ensino artísticos são outros motivos evocados no apelo à participação dos professores na concentração.

"A mudança de governo é condição absolutamente necessária para que também possam mudar políticas e, assim, resolver problemas concretos com os quais também os professores e, em geral, a Educação se têm debatido", lê-se no texto publicado esta tarde.

A CGTP anunciou na semana passada a realização de uma concentração junto à Assembleia da República, em Lisboa, para o dia em que serão votadas as moções de rejeição ao Governo já anunciadas.

O programa de Governo será discutido nos dias 09 e 10 de novembro, por decisão da conferência de líderes parlamentares.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.