sicnot

Perfil

País

Tiroteio em Loures está a ser investigado pela PJ no local

A Polícia Judiciária encontra-se desde o início da tarde desta terça-feira na urbanização Quinta das Mós, em Loures, a investigar a justificação para um tiroteio que causou ferimentos em duas pessoas, mas as versões são várias.

Os motivos que estiveram na origem dos desacatos ainda não são conhecidos, sendo que alguns moradores, ouvidos pela Lusa, contaram versões diferentes do que se terá passado, mas todos referiram que os suspeitos não vivem na urbanização.

Os motivos que estiveram na origem dos desacatos ainda não são conhecidos, sendo que alguns moradores, ouvidos pela Lusa, contaram versões diferentes do que se terá passado, mas todos referiram que os suspeitos não vivem na urbanização.

SIC

Um tiroteio na urbanização Quinta da Mós, na freguesia de Camarate, Loures, causou hoje ferimentos ligeiros num homem de 18 anos e numa mulher de 30, que foram depois para o Hospital de Loures.

De acordo com o Instituo Nacional de Emergência Médica (INEM), o alerta foi dado às 12:17.

Por volta das 14:00, segundo constatou a agência Lusa no local, encontravam-se no bairro uma carrinha da PSP, uma ambulância dos bombeiros de Camarate e alguns elementos da Polícia Judiciária, que interrogavam moradores do bairro.

A essa altura, o ambiente no bairro estava calmo, mas muitas pessoas encontravam-se junto à entrada dos prédios, a observar e a comentar o aparato policial.

Os motivos que estiveram na origem dos desacatos ainda não são conhecidos, sendo que alguns moradores, ouvidos pela Lusa, contaram versões diferentes do que se terá passado, mas todos referiram que os suspeitos não vivem na urbanização.

Já o comandante dos Bombeiros de Camarate, Luís Martins, referiu que as vítimas ficaram "ambas com ferimentos ligeiros".

No local estiveram duas ambulâncias, dos bombeiros de Camarate e dos Bombeiros de Odivelas, e uma viatura médica do Hospital de Santa Maria.

Lusa

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.