sicnot

Perfil

País

Nova instituição de solidariedade social ajuda a pagar medicamentos

Nasce hoje em Coimbra uma nova instituição particular de solidariedade social para ajudar os mais pobres a pagarem os medicamentos. A comparticipação do Estado é igual para todos, sejam ricos ou pobres, consoante o fármaco. Esta nova IPSS, a Dignitude, quer precisamente dar a resposta social que falta ao país: apoiar quem mais precisa, na proporção que precisa, na hora de ir à farmácia aviar as receitas médicas.

reuters

Uma ideia que nasce do próprio setor e que tem como fundadoras a Associação Nacional de Farmácias e a Apifarma, que representa a indústria farmacêutica.

O projeto vai muito mais além e congrega a Cáritas e a plataforma que representa várias associações de doentes e vários embaixadores de renome - como o "pai" do serviço nacional de saúde e antigo ministro António Arnaut, o ex-Presidente da República Ramalho Eanes e a ex-ministra da Saúde e atual candidata à Presidência da República Maria de Belém.

Para alimentar a Dignitude, que é como se vai chamar esta IPSS, vão estar contribuições de empresas, particulares, outras instituições de solidariedade e agências governamentais.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.