sicnot

Perfil

País

Portugal tem quase 100 empresas de videojogos

A indústria dos videojogos vale mais do que a do cinema e música juntas e, só em Portugal, já existem quase cem empresas nesta área, revelaram hoje responsáveis do Lisboa Games Week, a decorrer na FIL.

ANT\303\223NIO COTRIM

Começou hoje na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, a segunda edição do Lisboa Games Week, onde os visitantes podem assistir ao lançamento de novos jogos, participar em competições ou recordar as velhinhas máquinas que existiam nas salas de jogos dos finais do século passado.

Numa área com cerca de 10 mil metros quadrados, centenas de consolas e computadores apresentam os mais variados jogos disponíveis para todos os que visitem a exposição, que termina domingo à noite.

"Este é o grande evento da indústria dos videojogos, onde se apresentam as grandes ante-estreias e os videojogos que vão ser lançados agora, no natal e até alguns que só irão ser lançados em 2016", contou à Lusa Pedro Silveira, responsável pela organização, acrescentando que ali também se pode conhecer os mais famosos youtubers ou descobrir o que andam a fazer os portugueses nesta área.

O Lisboa Games Week é também um espaço onde os mais novos podem encontrar futuras vocações profissionais e conhecer algumas das empresas portuguesas do ramo.

"Neste momento a indústria dos videojogos é a mais lucrativa do entretenimento, faz 100 biliões de dólares. É mais lucrativa do que a indústria do cinema e da música, juntos", disse à Lusa Ivan Barroso, o coordenador do espaço da indústria portuguesa, sublinhando que existem quase 100 empresas portuguesas.

Ivan Barroso acredita que Portugal está a viver um novo bom de desenvolvimento de jogos e que este deve ser o produto mais facilmente exportável.

"A maior empresa portuguesa emprega já mais de 100 pessoas", acrescentou, lembrando que para se fazer um jogo são precisos profissionais das mais diversas áreas das artes mas também das ciências.

Além dos programadores e engenheiros, um estúdio de videojogos precisa de designers, artistas, cinematógrafos, guionistas, sonoplastas, atores, modeladores 3D, animadores 2D e 3D, profissionais da área da publicidade e marketing e até advocacia, contou.

Os últimos estudos indicam que em Portugal, o negócio dos videojogos mobile valem já 30 milhões de euros.

No ano passado, cerca de 30 mil pessoas visitaram a primeira edição do Lisboa Games Week e este ano a organização espera crescer e chegar aos 40 ou 50 mil visitantes. "Esta quinta-feira já passaram três vezes mais pessoas do que no ano passado (no mesmo dia)", revelou Pedro Silveira, ao início da tarde de hoje.

Para Ivan Barroso, "esta é a indústria de futuro deste milénio".

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17