sicnot

Perfil

País

Portugal tem quase 100 empresas de videojogos

A indústria dos videojogos vale mais do que a do cinema e música juntas e, só em Portugal, já existem quase cem empresas nesta área, revelaram hoje responsáveis do Lisboa Games Week, a decorrer na FIL.

ANT\303\223NIO COTRIM

Começou hoje na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, a segunda edição do Lisboa Games Week, onde os visitantes podem assistir ao lançamento de novos jogos, participar em competições ou recordar as velhinhas máquinas que existiam nas salas de jogos dos finais do século passado.

Numa área com cerca de 10 mil metros quadrados, centenas de consolas e computadores apresentam os mais variados jogos disponíveis para todos os que visitem a exposição, que termina domingo à noite.

"Este é o grande evento da indústria dos videojogos, onde se apresentam as grandes ante-estreias e os videojogos que vão ser lançados agora, no natal e até alguns que só irão ser lançados em 2016", contou à Lusa Pedro Silveira, responsável pela organização, acrescentando que ali também se pode conhecer os mais famosos youtubers ou descobrir o que andam a fazer os portugueses nesta área.

O Lisboa Games Week é também um espaço onde os mais novos podem encontrar futuras vocações profissionais e conhecer algumas das empresas portuguesas do ramo.

"Neste momento a indústria dos videojogos é a mais lucrativa do entretenimento, faz 100 biliões de dólares. É mais lucrativa do que a indústria do cinema e da música, juntos", disse à Lusa Ivan Barroso, o coordenador do espaço da indústria portuguesa, sublinhando que existem quase 100 empresas portuguesas.

Ivan Barroso acredita que Portugal está a viver um novo bom de desenvolvimento de jogos e que este deve ser o produto mais facilmente exportável.

"A maior empresa portuguesa emprega já mais de 100 pessoas", acrescentou, lembrando que para se fazer um jogo são precisos profissionais das mais diversas áreas das artes mas também das ciências.

Além dos programadores e engenheiros, um estúdio de videojogos precisa de designers, artistas, cinematógrafos, guionistas, sonoplastas, atores, modeladores 3D, animadores 2D e 3D, profissionais da área da publicidade e marketing e até advocacia, contou.

Os últimos estudos indicam que em Portugal, o negócio dos videojogos mobile valem já 30 milhões de euros.

No ano passado, cerca de 30 mil pessoas visitaram a primeira edição do Lisboa Games Week e este ano a organização espera crescer e chegar aos 40 ou 50 mil visitantes. "Esta quinta-feira já passaram três vezes mais pessoas do que no ano passado (no mesmo dia)", revelou Pedro Silveira, ao início da tarde de hoje.

Para Ivan Barroso, "esta é a indústria de futuro deste milénio".

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.