sicnot

Perfil

País

Chuva vai dar tréguas no fim de semana

A chuva vai dar tréguas no próximo fim de semana e, "ao que tudo indica", no início da próxima semana, caso as previsões se mantenham, explicou a meteorologista Madalena Rodrigues, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

© Regis Duvignau / Reuters

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), vai registar-se uma "melhoria significativa" do estado do tempo no sábado, apenas com um aumento de nebulosidade no domingo, no norte e centro, "prevendo-se precipitação fraca no Minho, já no final do dia".

"Para o dia de hoje prevê-se céu geralmente muito nublado nas regiões do norte e centro e no sul, mas apenas com precipitação no norte e cento no litoral, diminuindo de frequência a meio da tarde. No sul poderá haver períodos de chuva fraca no Alentejo", explicou Madalena Rodrigues.

De acordo com a meteorologista, para sexta-feira está prevista ainda "alguma nebulosidade até meio da manhã e períodos de chuva fraca no norte e centro, e em especial no Minho e Douro litoral no meio da tarde".

Para o início da próxima semana, e a manterem-se os dados hoje disponíveis, Madalena Rodrigues avança que "não haverá precipitação".

"Durante a noite de sábado para domingo passa uma superfície frontal que vai dar a precipitação fraca no Minho [no domingo]. Se se mantiverem os dados de que dispomos hoje, não haverá precipitação no início da próxima semana", frisou.

No continente e para as regiões do norte e centro, o IPMA prevê céu geralmente muito nublado, com períodos de chuva ou aguaceiros, em especial no litoral, diminuindo de intensidade e frequência a partir do meio da tarde.

O vento será fraco (inferior a 15 km/h), soprando moderado (15 a 35 km/h) do quadrante sul no litoral a norte do Cabo Raso e nas terras altas até meio da tarde.

Para a região sul, o IPMA prevê céu geralmente muito nublado, com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca no Alto Alentejo.

Quanto às temperaturas, em Lisboa e Porto estas vão oscilar entre 16 e 19 graus Celsius, em Braga entre 15 e 19, em Viana do Castelo entre 15 e 18, em Vila Real entre 11 e 17, em Bragança entre 11 e 15, em Viseu entre 11 e 16, em Coimbra entre 15 e 19, em Leiria entre 15 e 21, na Guarda entre 9 e 13, em Castelo Branco entre 14 e 18, em Santarém entre 13 e 19, em Évora e Beja entre 13 e 21, em Faro entre 16 e 21, no Funchal entre 20 e 24, em Angra do Heroísmo entre os 15 e 20 e Santa Cruz entre 12 e 19.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.