sicnot

Perfil

País

Descoberto novo mamífero em Portugal, o rato-das-neves

Investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) anunciaram hoje a descoberta de uma nova espécie de mamífero em Portugal, o rato-das-neves, que vive nas montanhas do Parque Natural de Montesinho, em Bragança.

Gonçalo Rosa

Trata-se de um roedor com "longos bigodes (vibrissas) brancos, patas posteriores muito desenvolvidas e cauda comprida, é pardo, com tons que variam entre o cinzento e o branco e concentra-se exclusivamente em regiões montanhosas".

A espécie cientificamente chamada 'Chionomys nivalis' acaba de dar entrada no registo de mamíferos em Portugal, graças à colaboração do Centro de Investigação e de Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB) e do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO-InBIO) da UTAD, como divulgou hoje a universidade.

"Esta espécie não é uma praga: concentra-se exclusivamente em regiões montanhosas e é bastante sensível a alterações do habitat. Além disso, como todos os roedores, tem um papel importante na disseminação de sementes", explicou Hélia Vale Gonçalves, especialista em micromamíferos, do CITAB.

A espécie foi observada no verão de 2014 pelo fotógrafo de vida selvagem Gonçalo Rosa, no âmbito de um trabalho fotográfico de algumas espécies de mamíferos presentes em Portugal.

De acordo com o relato divulgado pela universidade, numa manhã, ao verificar as imagens de uma câmara que tinha colocado debaixo de uma grande pedra de granito, o fotógrafo descobriu que um animal havia ativado a célula.

"O roedor fotografado não parecia ser de nenhuma espécie que eu conhecia", contou Gonçalo Rosa.

As fotografias foram enviadas para os investigadores Hélia Vale Gonçalves e Paulo Barros do Laboratório de Ecologia Aplicada, inserido no CITAB, da UTAD, que confirmaram de imediato que se tratava de uma nova espécie, em Portugal.

A investigadora Hélia Vale Gonçalves explicou que a equipa conseguiu capturar dois animais, que foram libertados depois de registadas as medidas biométricas (peso, comprimento da orelha, cauda, pata posterior e corpo) e recolhidas amostras para análise genética.

Os resultados obtidos "permitiram verificar que são geneticamente próximos, mas diferentes das populações já estudadas do centro de Espanha".

Outra investigadora, Joana Paupério revelou que "o rato-das-neves tem uma distribuição fragmentada na Europa, pois encontra-se restrito a zonas montanhosas, e as suas populações apresentam uma diferenciação genética considerável ao nível mitocondrial".

A investigadora apontou ainda que "a população detetada em Portugal está localizada no limite da área de distribuição, mas é geneticamente próxima das restantes populações ibéricas".

"As populações espanholas estão classificadas como quase ameaçadas, pelo que a descoberta desta população em Portugal tem elevada relevância para a conservação deste roedor", considerou.

A revista Italian Journal of Zoology acaba de publicar o artigo científico da equipa de investigadores que confirma a presença do mamífero em Portugal.

Os investigadores defendem ainda que "deverão ser conduzidos censos regionais rigorosos da distribuição dos micromamíferos para a efetiva conservação desta espécie".

Lusa

  • Governo prepara projeto para suavizar transição para a reforma
    1:38

    Economia

    O Governo quer suavizar a transição do trabalho para a reforma. A ideia é que essa passagem seja feita gradualmente e não de um dia para o outro, o que pode ser mais traumático. O projeto prevê a possilidade de o trabalhador cumprir meio horário e acumular com meia pensão.

  • Portugal pode perder parte dos fundos comunitários
    2:21

    Economia

    Portugal arrisca-se a perder parte dos fundos comunitários atribuídos ao país, se não acelerar a execução dos programas que têm comparticipação de Bruxelas. A notícia é avançada pelo jornal Público, que revela que o país ainda está longe de cumprir as metas mínimas. O Executivo desdramatiza e acredita que serão cumpridas até ao final do ano. O Governo diz mesmo que Portugal deverá ser um dos países com melhores taxas de execução.

  • Proteína tóxica que se acumula no cérebro pode ser uma das causas do Alzheimer
    2:33

    País

    Uma proteína tóxica que se acumula no cérebro pode ser uma das causadoras do Alzheimer. A revelação, feita pelo prémio Nobel da Medicina de 2014, será discutida no terceiro dia da cimeira mundial sobre doenças neurodegenerativas na Fundação Champalimaud, em Lisboa. A partir de hoje, serão apresentadas novidade nas investigações científicas sobre a epidemia silenciosa, que atinge 50 milhões de pessoas em todo o mundo.

  • Primeiro discurso de Costa na ONU alinhado com o de Guterres

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, proferirá hoje o seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, devendo estar muito alinhado com a agenda política apresentada na terça-feira pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, valorizando o multilateralismo.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.