sicnot

Perfil

País

Programa da coligação inclui medidas defendidas pela oposição

Programa da coligação inclui medidas defendidas pela oposição

O programa do Governo que chegou esta manhã ao Parlamento, mantém as linhas gerais do programa eleitoral e inclui medidas defendidas pela oposição. No documento, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas frisam que estão disponíveis para dialogar e admitem aumentar o salário mínimo nacional.

  • Pontos essenciais do programa do Governo

    Novo Governo

    O executivo deixou cair o plafonamento das pensões e admitiu aumentar o salário mínimo, bem como reduzir mais rapidamente a sobretaxa no programa do Governo divulgado hoje, procurando "abrir espaço para gerar compromissos" com a esquerda. No programa do Governo, aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros e entregue hoje na Assembleia da República, o executivo liderado por Pedro Passos Coelho apresenta várias medidas já previstas no programa eleitoral da coligação PSD/CDS-PP, mas deixa cair outras e introduz novas para se aproximar das propostas do PS.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.