sicnot

Perfil

País

Em Portugal, diariamente, 14 homens queixam-se de violência doméstica

Em Portugal, diariamente, 14 homens queixam-se de violência doméstica.

SIC

Desde o ano passado até agosto deste ano, a PSP registou mais de sete mil agressões exercidas por mulheres.
Ainda assim, no primeiro semestre deste ano, registaram-se menos 55 queixas que no mesmo período do ano passado. Segundo a PSP ao Diário de Notícias, na maioria das vezes a violência é praticada sem recurso a qualquer tipo de arma. No entanto, o ano passado, houve 13 situações em que foram utilizadas armas brancas. Há ainda relatos de ameaças com veneno e agressões com copos partidos. Segundo o relatório de segurança interna de 2014, cerca de 20% das vítimas de violência doméstica são do sexo masculino, ao passo que mais de 80% dos casos dizem respeito a vítimas do sexo feminino.

  • Morte de portugueses em Vigo estará relacionada com violência doméstica
    1:04

    País

    Um casal português foi encontrado morto esta segunda-feira num apartamento, na cidade espanhola de Vigo. De acordo com a polícia, tudo aponta para um caso de violência doméstica, em que o homem matou a mulher e suicidou-se. Os serviços de emergência e agentes da polícia nacional foram chamados cerca das 18:00 por um vizinho. O homem deixou um bilhete escrito, em que confessava que tinha espancado a mulher. O relato do jornalista do diário Voz da Galiza, que esteve no local para escrever esta história, foi feito ao telefone para a SIC Notícias.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.