sicnot

Perfil

País

Comandante de barco que naufragou na Figueira da Foz acusado de quatro homicídios por negligência

O comandante da embarcação que naufragou em outubro de 2013 na Figueira da Foz vai ser julgado por quatro crimes de homicídio por negligência.

Arquivo SIC

O Ministério Público acusa o comandante e proprietário da embarcação de ter agido de forma descuidada e desajustada.

O naufrágio aconteceu a 25 de outubro de 2013 e provocou quatro mortos, num total de oito tripulantes.

Segundo o despacho de acusação, o armador não obedeceu ao plano de navegação recomendado na carta náutica, não teve em consideração as condições meteorológicas desfavoráveis e não ordenou que os tripulantes usassem os coletes de salvação.

O início do julgamento está previsto para dia 16 de novembro no Tribunal de Coimbra.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.