sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para suspeito de matar taxista encontrado numa bagageira em Valongo

O homem detido no domingo por suspeita de ter matado um taxista, encontrado na bagageira da sua viatura, em Valongo, ficou hoje em prisão preventiva, disse à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Segundo a fonte da PJ, o suspeito, de 34 anos, ficou sujeito à medida de coação mais gravosa, depois de presente hoje a primeiro interrogatório judicial por um juiz de instrução criminal no Tribunal de Cascais, uma vez que o crime terá sido cometido no concelho de Oeiras.

O homem, que foi levado para o estabelecimento prisional anexo à PJ, em Lisboa, está indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, roubo, falsificação e ocultação de cadáver.

A investigação acredita que o detido terá esfaqueado mortalmente o taxista, com cerca de 60 anos, tendo depois colocado o corpo na bagageira do táxi da vítima e conduzido a viatura até ao norte do país, onde acabaria detido no parque de estacionamento de um supermercado, em Valongo.

No domingo, fonte da PSP contou à Lusa que a vítima apresentava "sinais de esfaqueamento", acrescentando que o cadáver foi encontrado nessa manhã por aquela força policial na bagageira do carro conduzido pelo detido, de 34 anos.

A PSP indicou na ocasião que tanto o morto como o detido eram de Lisboa e que o homicídio não teria acontecido no momento nem no local onde o corpo foi encontrado, no concelho de Valongo, distrito do Porto.

"O detido, de 34 anos, foi intercetado pela PSP na sequência de um furto. Havia indicações de que, antes, já teria feito outro furto noutra loja. Quando a polícia se deslocou ao carro para ver se encontrava a mercadoria furtada, sentiu o mau cheiro. No interior da mala foi encontrado um cadáver", descreveu no domingo a mesma fonte da PSP.

Nesse dia, fonte dos Bombeiros de Valongo explicou à Lusa que a corporação foi chamada a um hipermercado da freguesia de Campo devido a "uma agressão", tendo acabado por se deparar com um "cadáver na mala de um carro" ali estacionado.

Lusa

  • Chuva deixa em alerta 12 distritos do continente

    País

    Doze distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, que pode ser pontualmente forte e acompanhada por trovoadas e granizo, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • A experiência de um embaixador português na Coreia do Norte
    2:58

    País

    A Coreia do Norte tem o maior orçamento militar do mundo e o seu arsenal nuclear acaba por dar-lhe acesso a uma possível cimeira com os Estados Unidos. A pobreza e o culto da personalidade foram testemunhados pelo embaixador, José Manuel de Jesus, que visitou várias vezes Pyongyang.

  • EUA expulsa dois diplomatas venezuelanos e dá-lhes 48 horas para deixarem o país

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram, na quarta-feira, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos, aos quais deu um prazo de 48 horas para sairem do país. A decisão é a resposta ao anúncio de Presidente da Venezuela de expulsar o encarregado de negócios e o chefe da secção política da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson e Brian Naranjo, respetivamente.