sicnot

Perfil

País

Embarcações de pesca evitam novo naufrágio na Figueira da Foz

Três embarcações de pesca evitaram, hoje de madrugada, um novo naufrágio à entrada da barra da Figueira da Foz, socorrendo um arrastão espanhol que estava à deriva entre os molhes, disse fonte da autoridade marítima.

Em declarações à agência Lusa, o comandante do porto da Figueira da Foz, Silva Rocha, confirmou o incidente, explicando que o arrastão "Catrua", registado em Vigo e com nove tripulantes a bordo, tentou entrar na barra cerca da 01:30 com problemas de motor e "esteve em risco iminente de colisão com o molhe norte".

De acordo com o comandante, o mestre do barco teria a intenção de entrar no porto para reparar o motor, mas fê-lo "demasiado junto ao molhe, completamente fora" do enfiamento normal do canal de navegação, com nevoeiro cerrado, situação climatérica que por si só não seria impeditiva.

Um outro arrastão ("Scorpius") que ia a sair terá, segundo Silva Rocha, avisado o mestre do navio espanhol da colisão iminente.

O mestre "meteu propulsão à ré [marcha atrás]" e conseguiu evitar a colisão com o lado norte do molhe, do lado da praia da Figueira da Foz, mas "ficou sem propulsão e à deriva".

Acabou por ser socorrido, numa primeira fase, pelo "Marco Flávio", uma pequena embarcação de pesca com 13 metros e 150 cavalos de potência que conseguiu passar-lhe um cabo e evitar que o arrastão, à deriva entre molhes e que chegou a encostar ao molhe sul, encalhasse e naufragasse. No entanto, o pequeno pesqueiro viu-se em risco de colisão com as pedras e teve de largar o arrastão.

O navio espanhol acabou por ser socorrido e rebocado para o interior do porto de pesca por outro arrastão ("Neptuno") que ia a sair e inverteu o rumo: "Conseguiu passar cabos e entrar de braço dado com o arrastão espanhol", explicou o comandante do Porto.

Aa 06 de outubro o arrastão "Olívia Ribau", com sete pescadores a bordo, naufragou à entrada do porto da Figueira da Foz.

Dois homens foram resgatados com vida, uma hora depois do acidente, por uma moto de água da Polícia Marítima, e cinco morreram.

Lusa

  • Défice recua quase 400 milhões de euros em janeiro

    Economia

    O buraco das contas públicas atingiu os 625 milhões de euros no primeiro mês de 2017, segundo os dados da execução orçamental. É uma redução de 397 milhões, quando comparado com o mesmo mês do ano passado.

    Em desenvolvimento

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.