sicnot

Perfil

País

Ministério Público pede 12 anos de prisão para patrão que mandou torturar funcionários

O Ministério Público de Cantanhede pediu hoje uma pena de 12 anos de prisão para o patrão de três madeireiros que em setembro do ano passado terá mandado seis funcionários torturarem três colegas de trabalho.

Os três homens foram violentamente agredidos, sufocados com sacos na cabeça e baleados. Os trabalhadores conseguiram fugir antes de ser lançado fogo à carrinha onde eram mantidos como prisioneiros.
A ordem de agressão terá sido dada pelo patrão que deu pela falta de 4 mil e 700 euros nas contas da empresa de madeiras e queria, a todo o custo, obter uma confissão do roubo.
O Ministério publico entende que os crimes ficaram todos provados em tribunal e pediu pena de prisão para todos os arguidos, 15 anos para dois dos funcionários, 12 para o patrão e uma pena mais leve para os restantes.
Dos sete arguidos, seis continuam em prisão preventiva, sendo o patrão o único que aguarda o fim do julgamento em liberdade.

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.