sicnot

Perfil

País

Cavaco diz que situação atual é mais favorável do que a da crise de 2011

Cavaco diz que situação atual é mais favorável do que a da crise de 2011

Cavaco Silva diz que são muito mais favoráveis as condições da atual crise política em comparação com a de 2011. No encerramento de mais uma jornada do Roteiro para a Economia, na Madeira, o Presidente da República revelou mesmo que existe atualmente uma almofada financeira de dimensão substancial.

  • Cavaco recorda que chefiou um governo de gestão
    2:23

    País

    Apesar do que diz Pedro Passos Coelho, Cavaco Silva parece não ter pressa. Em visita à Madeira, o Presidente da República falou dos seus tempos como Primeiro-Ministro para lembrar que chefiou cinco meses um governo de gestão.

  • "Eu estive cinco meses em gestão", lembra Cavaco Silva
    0:41

    Novo Governo

    O Presidente da República lembra que, enquanto primeiro-ministro, esteve cinco meses em gestão.Na Madeira, questionado sobre se não considera urgente uma decisão sobre a atual situação política, Cavaco Silva aconselhou os jornalistas a verificarem o que aconteceu em momentos de crise política semelhantes.

  • Presidente só decide sobre futuro governo após viagem à Madeira

    Novo Governo

    O Presidente da República vai começar a ouvir os parceiros sociais esta quinta-feira, de manhã, dois dias depois da aprovação da moção de rejeição do programa do XX Governo Constitucional. Mas Cavaco Silva só vai tomar uma decisão sobre o futuro exexutivo depois de regressar de uma viagem à Madeira, agendada para o princípio da próxima semana.

  • Veio para Portugal para estar mais perto da natureza mas o fogo levou-lhe tudo
    4:59
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão