sicnot

Perfil

País

Megafraude nas cartas de condução, 14 detidos

NOTÍCIA SIC

É uma gigantesca fraude na obtenção de cartas de condução: catorze pessoas foram detidas esta manhã numa grande operação da Polícia Judiciária no norte do país. Estão a decorrer mais de 70 buscas e há 150 inspetores envolvidos.

Arquivo

Arquivo

SIC

Os detidos são na maior parte examinadores - oito - do centro de exames do ACP, no Porto, mas também responsáveis e funcionários de escolas de condução.

O Ministério Público e a polícia suspeitam de que fazem parte de uma rede que, a troco de muito dinheiro, facilitava a aprovação de exames de código.

A técnica usada para a fraude era sofisticada: os candidatos íam para o exame munidos de equipamento de transmissão de imagens para o exterior e recetores de áudio via rádio.

Há mais de 200 candidatos já detetados que terão passado no exame de código de forma fraudulenta. A polícia suspeita, no entanto, que sejam muitos mais.

  • Examinadores do ACP do Porto detidos em fraude com cartas de condução
    3:22

    País

    Catorze pessoas foram detidas, esta manhã, numa grande operação da Polícia Judiciária (PJ) no norte do país. Estão a decorrer mais de 70 buscas e há 150 inspetores envolvidos. Os detidos são na maior parte examinadores do centro de exames do Automóvel Clube de Portugal (ACP), no Porto. São oito examinadores e seis responsáveis e funcionários de escolas de condução. O Ministério Público e a polícia suspeitam de que fazem parte de uma rede que, a troco de muito dinheiro, facilitava a aprovação de exames de código. A repórter Catarina Folhadela dá conta de mais pormenores sobre este caso de fraude nas cartas de condução.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.