sicnot

Perfil

País

Pena de 17 anos e meio de prisão para homem acusado de matar mulher em Sintra

O Supremo Tribunal de Justiça confirmou a pena de 17 anos e meio de prisão ao homem acusado de matar uma pessoa na praia da Aguda, Sintra. O alegado homicida tinha recorrido da sentença: primeiro para a Relação e agora para o Supremo.

Os juízes não só confirmaram a pena como também o obrigaram a pagar uma indemnização à filha da vítima. A mulher, professora, foi conduzida até à praia. E convencida a descer até à falésia. Já no areal, o homem agrediu-a violentamente e afogou-a.

Quando foi detido pela polícia tinha consigo os cartões de credito da vítima. Em tribunal, o homem confessou ter estado com a professora na noite do crime, mas negou ser o autor do homicídio.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27